Marcos Cesar Peruchi tinha 53 anos e foi atingido no braço e no peito por grupo de quatro assaltantes em duas motos que tentaram roubar a BMW que ele pilotava na Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini.

Um empresário de 53 anos foi baleado e morto por um grupo de motociclistas durante tentativa de assalto na noite desta quinta-feira (27) na Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, Itaim Bibi, bairro de alto padrão na Zona Sul de São Paulo. Segundo testemunhas, os assaltantes fugiram sem levar a moto BMW da vítima, que custa mais de R$ 80 mil.

A Polícia Civil investiga o caso como latrocínio, que é a tentativa de roubo seguida de morte. Ele foi registrado no plantão do 27º Distrito Policial (DP), Campo Belo, mas será apurado pelo 96º DP, Brooklin.

Investigadores procuram câmeras de segurança para tentar identificar e prender os criminosos. De acordo com o registro policial, por volta das 19h uma testemunha entrou no 96º DP avisando policiais civis que um motociclista tinha sido baleado durante tentativa de roubo.

Os agentes foram ao local do crime e encontraram o homem no peito e no braço. Os documentos dele estavam dentro do baú da BMW. Ele estava sozinho na moto e foi identificada pelos policiais como sendo Marcos Cesar Peruchi.

Marcos era casado e tinha duas filhas. Procurada pela reportagem para comentar o assunto, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) confirmou que o caso está sendo investigado inicialmente como latrocínio, mas que, dependendo do andamento das apurações, a natureza da ocorrência pode mudar.

“As investigações do caso foram encaminhadas à 2° Central Especializada de Repressão a Crimes e Ocorrências Diversas (Cerco), que iniciou as diligências para identificar a autoria do crime e esclarecer os fatos. Quanto à natureza da ocorrência, o registro foi feito com base nas circunstâncias apresentadas até o momento: características da moto pilotada pela vítima e por ela ter sido encontrada sem sua carteira. A tipificação da natureza pode ser alterada no decorrer do inquérito policial, sem prejuízos à investigação”, informa comunicado da pasta da Segurança.
Segundo levantamento da TV Globo, o número de latrocínios na capital e na Grande São Paulo aumentou em 2024 em comparação com o mesmo período de 2023.

Entre os meses de Janeiro e Junho, foram 18 casos, com 19 vítimas mortas na região metropolitana, incluindo a cidade de São Paulo. No ano passado, no mesmo período, foram 13 casos, com 13 mortes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *