Caso foi registrado na madrugada desta terça-feira (7), em Cotia, na Grande São Paulo. Um dos ladrões, de 20 anos, foi preso e morava no mesmo condomínio das vítimas.

A Polícia Civil apontou que o vizinho preso suspeito de invadir com outros criminosos a casa dos pais da influenciadora Bruna Biancardi, na madrugada desta terça-feira (7), em Cotia, Grande São Paulo, morava havia menos de uma semana no local e planejou o crime.

“Ele há uma semana estava morando lá. Nós já apuramos que ele estava arquitetando esse crime com o parceiro”, disse a delegada Mônica Gamboa.

Câmeras de segurança da portaria registraram os rostos de ao menos dois deles. No carro usado no crime estavam o motorista, o passageiro e ao menos outra pessoa atrás.

Eduardo Vasconcelos, que aparece nas imagens da portaria, morava com a mãe e o padrasto a 300 metros da casa dos pais de Bruna.

Bruna tem uma filha com o jogador Neymar, mas as duas não estavam no imóvel durante o assalto. Horas antes, ela publicou nas redes sociais que tinha ganhado uma festa surpresa para comemorar 1 mês de nascimento da filha com a família.

De acordo com o boletim de ocorrência, o assalto ocorreu por volta das 3h. Três homens armados aproveitaram que não havia energia elétrica e conseguiram invadir o imóvel, que fica em um condomínio fechado.

Os pais de Bruna, de 50 e 52 anos, foram rendidos e acabaram sendo levados para um dos quartos com as mãos amarradas e bocas amordaçadas.

Na sequência, os bandidos abriram um cofre, porém, não havia dinheiro. Passaram então, conforme o registro policial, a roubar outros objetos, como bolsas, relógios e joias.

Ainda conforme o boletim de ocorrência, os criminosos permaneceram no interior do imóvel por aproximadamente 25 minutos e depois fugiram em um carro.

Prisão de um suspeito
Após o assalto, as vítimas comunicaram os porteiros e a segurança do condomínio, o que possibilitou a identificação da placa do veículo através das câmeras de monitoramento.

Uma equipe da Guarda Civil foi acionada e constatou que o proprietário do carro morava no mesmo condomínio de casas.

No local, eles encontraram o dono do veículo e verificaram que o carro havia sido usado pelo filho dele, de 20 anos.

O jovem foi encontrado pelos agentes do lado de fora da área, fugindo a pé. Indagado, ele confessou que usou o veículo do pai para roubar a casa com mais dois comparsas, os quais estavam com os objetos das vítimas.

O caso foi registrado no 2º DP, onde o jovem foi autuado por roubo. Os outros dois ladrões ainda são procurados pela polícia.

‘Importante que todos estão bem’

Nas redes sociais, Bruna Biancardi comentou sobre o assalto e disse que os pais estavam bem.

“Passando para tranquilizar amigos, familiares e vocês que me acompanham por aqui. Essa madrugada assaltaram a minha casa e fizeram os meus pais de refém. Eu, Mavie e minha irmã não estamos mais morando lá, e não estávamos no momento”.

“Graças a Deus está tudo bem com eles. Coisas materiais a gente reconquista. O importante é que todos estão bem e que os envolvidos estão sendo encontrados. Obrigada meu Deus por cuidar de nós. Proteja sempre a minha família de todo o mal. Amém”.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *