Problemas com sinalização e na parte elétrica afetaram circulação de trens em trechos das vias, com maior tempo de paradas e operação com velocidade reduzida. Passageiros lotaram plataformas à espera do transporte.

Usuários do transporte sobre trilhos enfrentam uma manhã de caos nesta quinta (15), na cidade de São Paulo.

Problemas foram registrados nas linhas 5-Lilás, 4-Amarela e 9-Esmeralda, da ViaMobilidade, e a Linha 3-Vermelha, do Metrô.

A Linha 8-Diamante, da ViaMobilidade, enfrentou oscilação de energia, mas não sofreu impacto nos intervalos entre os trens.

Segundo a ViaMobilidade, a falha na Linha 5-Lilás ocorreu na sinalização e ocorreu às 4h42 entre as estações Moema e AACD-Servidor. Os trens circulam de forma manual no trecho e com maior tempo de parada nas estações.

Embora afirme que nas demais estações a operação está normal, usuários relatam que a linha foi toda comprometida. Os avisos sonoros na Linha 5-Lilás demoraram cerca de duas horas para informar os passageiros sobre os problemas na via.

Uma multidão de passageiros (foto abaixo) aguarda para embarcar nas plataformas. Seguranças fazem controle do fluxo por conta da lentidão no sistema, que não dá conta da demanda.

“Eles tratam a gente igual lixo, porque aqui está tudo quebrado, as escadas… Estamos usando só uma escada sentido Capão [Redondo]. A gente que tem problema na perna tem que andar, subir escada porque não tem elevador”, disse a doméstica Valdevina Francisca da Silveira, enquanto aguardava trem na estação Santo Amaro.
Já na Linha 4-Amarela, o problema se deu por conta de uma questão elétrica entre as estações Pinheiros e Vila Sônia. A circulação de trens foi paralisada no trecho a partir das 8h45, enquanto a operação seguia ativa entre as estações Faria Lima e Luz.

“Técnicos da ViaQuatro trabalham para minimizar impactos de falha elétrica”, afirmou a empresa, que informou ter normalizado a operação na Amarela às 9h09. “A empresa pede desculpas e lamenta os transtornos causados.”

A Linha 9-Esmeralda, apresentou oscilação de energia no começo da manhã, o que ocasionou em operação com velocidade reduzida entre as estações Ceasa e Cidade Jardim. “Técnicos atuam para restabelecer o sistema”, disse a ViaMobilidade.

A linha 8-Diamante apresentou oscilação de energia entre as estações Antonio João e General Miguel Costa das 7h40 até 9h, mas não houve impacto nos intervalos entre os trens, de acordo com a ViaMobilidade. “Neste momento a velocidade está normalizada e os intervalos na linha são de cerca de 7 minutos”, disse a empresa.

No Metrô, os passageiros da Linha 3-Vermelha precisaram deixar um trem por conta de falha na estação Artur Alvim, a Zona Leste da capital paulista, o que causou operação com velocidade reduzida e maior tempo de paradas entre 7h11 e 7h19. Após esvaziamento, o trem com defeito foi recolhido ao pátio de Itaquera.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *