Erissa Santana, de 16 anos, esteve em evento realizado na Fazenda Santa Margarida, no distrito de Joaquim Egídio, no dia 27 de maio. Um homem e duas mulheres que também estiveram na festa morreram com a doença.

A adolescente Erissa Nicole Santana, de 16 anos, que morreu com suspeita de febre maculosa em Campinas (SP) na noite desta terça-feira (13), começou a sentir sintomas característicos da doença poucos dias depois de acompanhar o trabalho do pai durante a festa “Feijoada do Rosa” , no dia 27 de maio, na Fazenda Santa Margarida, no distrito de Joaquim Egídio.

Outras três pessoas que estiveram no mesmo evento também morreram dias depois e já tiveram a febre maculosa como causa confirmada. As vítimas são: Evelyn Santos, de 28 anos, que morava em Hortolândia (SP) e foi professora em faculdade de odontologia; a dentista Mariana Giordano, de 36 anos, e o namorado dela, o empresário piloto de Fórmula C300 Douglas Costa, de 42 anos.

O pai da adolescente tem uma empresa que presta serviços de ambulâncias e brigadistas. À EPTV, afiliada da TV Globo, um funcionário dessa empresa contou que o pai de Erissa foi até o local para levar uma bolsa de material com medicações, e, como de costume, a esposa e a filha acompanham ele durante a noite.

Ainda de acordo com o funcionário, que não quer se identificar, os três permaneceram cerca de 30 minutos no local e foram embora.

Ele destacou, ainda, que o pai não tinha o costume de circular com Erissa pelos eventos pelo fato de ela ser menor de idade.

Até a última atualização desta reportagem, o Instituto Adolfo Lutz não havia divulgado exames para confirmar ou descartar o diagnóstico de febre maculosa na adolescente.

A festa
A festa onde três pessoas contraíram febre maculosa e morreram dias depois é uma tradicional celebração em Campinas e teve, em 2023, sua 22ª edição. A “Feijoada do Rosa” reuniu, no dia 27 de maio, 3,5 mil presentes na Fazenda Santa Margarida. Conheça, abaixo, mais detalhes sobre o evento e o local.

As três pessoas que já tiveram os exames confirmados para febre maculosa morreram no dia 8 de junho, após sentirem sintomas como febre, dor e erupções vermelhas pela pele.

Na noite de terça-feira, a Prefeitura de Campinas confirmou a morte de uma adolescente de 16 anos que também esteve na mesma festa e tinha suspeita da doença. Ela estava internada em um hospital particular da metrópole desde o dia 9 de junho e a confirmação da causa também depende de análise pelo Adolfo Lutz.

Dos 22 anos da “Feijoada do Rosa”, os últimos dez foram realizados na Fazenda Santa Margarida. O evento sempre reúne DJs de música eletrônica. O kit de ingressos para a edição deste ano tinha valores altos e incluía, além da entrada, que dava direito a comida e bebida, um abadá personalizado com a marca da festa. Os bilhetes chegaram a custar, na pré-venda, R$ 750.

A fazenda
Campinas confirmou que há um surto da doença na Fazenda Santa Margarida e os eventos no local estão suspensos até que seja apresentado um plano de contingência ambiental e de comunicação pelos responsáveis.

O distrito de Joaquim Egídio, inclusive, é uma das áreas de risco para febre maculosa na cidade. O mapeamento realizado pela prefeitura aponta ao menos 12 áreas ou regiões com risco para febre maculosa. Veja aqui quais são.

O local, localizado em uma região de proteção ambiental, é conhecido por sediar grandes shows “sunset” (por-do-sol) de diferentes gêneros musicais, com histórico de atrações como as duplas sertanejas Jorge e Mateus, Zé Neto e Cristiano e Henrique e Juliano, além de Daniel, Alexandre Pires, Ivete Sangalo e Seu Jorge, além. Ele também já recebeu cerimônias de casamento.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *