Fernando de Andrade, de 37 anos, ficou 13 dias internado na UTI da Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas. Ladrões e pertences furtados ainda não foram encontrados.

O entregador que foi furtado enquanto estava inconsciente após sofrer um acidente grave de moto morreu no Hospital das Clínicas (HC) em Ribeirão Preto (SP). Até a manhã desta segunda-feira (12), nenhum suspeito tinha sido identificado e os pertences furtados não tinham sido restituídos à família.

Fernando de Andrade morreu na sexta-feira (9) após passar 13 dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas (HC-UE).

O acidente aconteceu na madrugada de sábado (27), e Andrade deu entrada no hospital como indigente, já que estava sem os documentos. Os criminosos furtaram celular, carteira e a moto da vítima.

Andrade só foi identificado na manhã de segunda-feira (29), quando a mulher dele conseguiu localizá-lo após buscas por diferentes hospitais desde o desaparecimento.

Ele sofreu traumatismo craniano e estava em estado gravíssimo, segundo familiares.

Furtado enquanto aguardava socorro
Câmeras de segurança de um centro de compras que fica na Avenida Jerônimo Gonçalves, em frente ao local da batida, flagraram o momento que usuários de drogas se aproximaram da vítima, que estava gravemente ferida, e furtaram objetos e a moto de Andrade. Assista o vídeo acima.

As imagens mostram Andrade caído e imóvel após bater com a moto em um poste.

De acordo com informações da polícia, o entregador teria terminado o trabalho na sexta-feira (26) e ido a um bar na Avenida 9 de Julho encontrar um amigo. O acidente foi na volta para casa, já na madrugada de sábado.

Um dos suspeitos ainda teve dificuldades para fazer a moto pegar. A ação durou pouco menos de três minutos e as pessoas se dispersam antes do resgate chegar.

Um homem permaneceu ao lado da vítima, mas não foi possível identificar se ele participou do furto. Ninguém prestou socorro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *