Interessados devem demonstrar interesse por meio do e-mail ou pelo telefone. Tratamento tem duração de seis semanas e é realizado de forma individualizada.

Uma pesquisa da Pós-Graduação em Fisioterapia da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), que oferece um tratamento gratuito para dores lombares, está com 70 vagas abertas para pessoas que desejem se voluntariar.

Pessoas que tenham de 18 a 60 anos podem se inscrever no projeto (veja abaixo como se candidatar e quais são os outros requisitos).

A dor lombar afeta cerca de 23% da população mundial e está associada a incapacidades progressivas, relacionadas à funcionalidade da pessoa e à qualidade de vida dela.

A coluna lombar se localiza na parte mais baixa da costa, próxima ao quadril. A dor na região pode estar associada a diferentes fatores, como sedentarismo, obesidade e estresse.

Como é o tratamento?
O tratamento oferecido pelo projeto tem a duração de seis semanas. A cada semana, é realizada uma sessão de terapia manual, técnica na qual movimentos articulares específicos são realizados, melhorando a mobilidade da coluna e, consequentemente, a dor.

Quem pode participar?
Homens e mulheres, de 18 a 60 anos, podem participar da pesquisa. Além disso, é preciso que os voluntários se enquadrem em alguns requisitos, como:

Ter dor lombar há, no mínimo, três meses (dor crônica)
Não ter feito tratamento contra a dor nos últimos 90 dias
Apresentar limitações nas tarefas diárias por conta da dor (ficar sentado ou m pé por longos períodos, dificuldade para calçar sapatos ou colocar roupas, por exemplo)

Pessoas que tenham doenças como hipertensão e diabetes, que não estejam controladas, não podem participar do tratamento oferecido pela UFSCar.

Como se inscrever?
Aqueles que se encaixem nos requisitos e desejem participar do projeto devem demonstrar interesse por meio do e-mail [email protected] ou pelo telefone (16) 98163-8793.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *