Operação “Fim da Linha – do Oiapoque ao Chuí” cumpre 383 mandados de busca e apreensão, em 22 estados brasileiros; quatro deles são cumpridos em São José do Rio Preto (SP).

Um dos donos de uma rede de postos de combustíveis de São José do Rio Preto (SP) é investigado durante uma operação contra lavagem de dinheiro e tráfico de drogas.

Deflagrada pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul, a Operação “Fim da Linha – do Oiapoque ao Chuí” cumpre 383 mandados de busca e apreensão, em 22 estados brasileiros. Destes, quatro são cumpridos em Rio Preto. Não há informações sobre materiais apreendidos na cidade.

Segundo a polícia, a investigação envolve suspeita de lavagem de dinheiro, que seria feita por organizações criminosas relacionadas ao tráfico de drogas não apenas no Rio Grande do Sul, mas também em outros estados, incluindo organizações com base na Região Sudeste.

A ação é a quarta etapa de uma investigação iniciada ainda em 2021 e conta com o apoio de 1,3 mil policiais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *