Prefeitura de Piracicaba (SP) sancionou uma lei que a autoriza o financiamento de R$ 200 milhões para obras na cidade.

Moradores de Piracicaba (SP) reclamam da quantidade de buracos e dos transtornos que a falta de recapeamento nas vias geram para quem transita pelos bairros da cidade.

A reportagem da EPTV, afiliada da Globo para região de Piracicaba (SP), percorreu algumas ruas e avenidas dos bairros Itapuã e Jardim Planalto. “Aqui é a ‘Terra dos Buracos’. A situação está crítica”, disse um dos moradores entrevistados pelo produtor Edijan Del Santo.

Um levantamento recente realizado pela Secretaria Municipal de Obras e Zeladoria (Semozel), publicado pelo g1, aponta a existência de 6,5 mil buracos em vias de Piracicaba.

Nesta segunda-feira (5), a Prefeitura de Piracicaba (SP) sancionou uma lei que a autoriza o financiamento de R$ 200 milhões para obras na cidade.

Desse total, a previsão é de uso de R$ 107,5 milhões para o recapeamento 74 quilômetros de ruas e avenidas das regiões Leste, Oeste e Sul de Piracicaba. Veja, abaixo, a lista de mais de 30 bairros que deverão receber o restauro de pavimento.

A dona de casa Neide de Camargo contou que já presenciou acidentes ocorridos após os motoristas passarem pelos buracos da região do Bairro Jardim Planalto. “Aqui, todo dia quase tem batidas”, disse.

A produção da EPTV percorreu, entre outras vias, a Rua Feliciano Ferreira da Cunha, no Jardim Itapuã, nesta terça-feira (6) e contabilizou, ao menos, quatro buracos no local.

“É bem difícil. È uma batedeira de amortecedor. Teve um dia em que eu quase caí de moto”, relatou outro morador entrevistado pela produção.

Marcos Coelho é dono de uma oficina mecânica na região. O comerciante disse que atende com frequência motoristas que tiveram problemas com os veículos devido aos buracos nas ruas. “Alguns chegam com o pneu cortado, por exemplo”, relatou.

O que prevê o projeto
Recapeamento

A proposta, que é uma segunda versão de um projeto que tinha sido protocolado inicialmente em março, prevê a utilização do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa). Do total do valor, a previsão é de uso de R$ 107,5 milhões para o recapeamento de ruas e avenidas.

A nova versão deu entrada na Câmara no dia 25 de maio, com pedido de votação com urgência, após cobrança de três comissões permanentes da Casa – de Justiça, Finanças e Obras – para sabatinar a secretária de Finanças, Telma Trimer de Oliveira Pereira, sobre o projeto.

De acordo com a secretária, os recursos disponíveis no caixa da prefeitura serão aplicados nos lotes 1 e 2 do programa de recapeamento. Já o financiamento vai contemplar o lote 3, nas regiões administrativas 6, 7, 8 e 9, que abrigam cerca de 200 mil habitantes nos seguintes bairros:

Jaraguá
Vila Cristina
Itapuã
Monte Líbano
Verde
Paulicéia
Planalto
São Jorge
Novo Horizonte
Campestre
Água das Pedras
Santa Helena
Dina Antônia
Caxambu
Califórnia
Água Branca
Chicó
Pompéia
Cecap
Taquaral
Agronomia
Monte Alegre
Santa Cecília
Abaeté
Unileste
Morumbi
Piracicamirim
Dois Córregos
Conceição
Santa Rita
São Francisco
Cidade Judiciária

Levantamento aponta 6,5 mil buracos

Levantamento recente realizado pela Secretaria Municipal de Obras e Zeladoria (Semozel) aponta a existência de 6,5 mil buracos em vias de Piracicaba. O dado foi apresentado durante uma audiência pública na Câmara Municipal, no último dia 16. Segundo representantes da administração, chuvas e questões contratuais têm dificultado a manutenção da pavimentação.

No encontro, representantes da prefeitura e do Serviço Municipal de Água e Esgoto (Semae), problemas contratuais e chuvas estão entre fatores que têm dificultado os reparos, além do desgaste mais rápido dos materiais das obras antigas.

Além dos serviços de tapa-buracos, segundo o secretário de Obras e Zeladoria, Paulo Roberto Borges, Piracicaba foi contemplada com dois lotes do programa “Respeito a Vida”, do Detran, no valor total de R$ 10 milhões, que prevê o recapeamento de trechos das avenidas Presidente Kennedy, Doutor Cândido de Faria Alvim, Frei Franciso Antônio Perin, Pedro Habechian, Carlos Botelho e de partes das ruas Regente Feijó, Voluntários de Piracicaba, São José e Campos Salles.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *