Cantora fez show no Vale do Anhangabaú, no sábado (3). Antes, outro integrante da comitiva xingou brasileiros após ter o celular furtado e Polícia Civil o investiga pelo crime de xenofobia.

Um vídeo publicado pelo empresário da cantora norte-americana Lana Del Rey, Ben Mawson, repercutiu nas redes sociais com torcedores do Palmeiras. Isso porque ele e uma outra integrante da comitiva da artista aparecem com a camisa do clube.

Nas imagens, Ben aparece com o uniforme número um do time e sorri ao lado de Lana enquanto o irmão da cantora fazia uma tatuagem.

Os torcedores do Palmeiras vibraram no Twitter. “Se dependesse de mim, ela podia ter subido no palco com uma camisa do palmeiras”, “A sociedade está cada vez mais Palmeiras” e “até a Lana é alviverde, não tem jeito”, foram alguns dos comentários.

Lana está no Brasil para uma série de shows. No sábado (3), ela se apresentou e foi a última atração do festival Mita, que ocorreu no Vale do Anhangabaú, Centro da capital paulista.

A apresentação da cantora atrasou cerca de 40 minutos, tempo que fez a galera se acomodar, baixar a adrenalina e até criticar o festival com um ou outro grito de insatisfação. Com dois palcos, a programação ainda teve artistas como Badbadnotgood, Djonga, Flume e Natiruts, entre outros.

Antes, ela esteve no Rio de Janeiro e no Amazonas. Na capital fluminense, um integrante de sua equipe teve o celular furtado de dentro da fã em que eles estavam. O técnico de baterista Will Whitney é investigado pela Polícia Civil pelo crime de xenofobia após xingar brasileiros nas redes sociais. Ele prestou depoimento neste domingo (4), em São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *