Associação Pró-Festa divulgou nesta quinta-feira balanço parcial do evento.

A Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes divulgou nesta quinta-feira (1º) um balanço parcial da festa. Em todos os eventos, nos 11 dias, o público foi de 410 mil pessoas.

De acordo com a organização, o balanço financeiro com todos os dados, incluindo o repasse às instituições, será apresentado no prazo máximo de um mês.

O festeiro de 2023, Josmar Cassola Silva, explica que o balanço só pode ser concluído quando forem finalizados os pagamentos feitos com cartão de crédito. “Sobre o cartão recarregável, utilizado na quermesse para as compras feitas nas barracas das instituições, ele poderá ser utilizado, sim, na próxima Festa do Divino, mas o crédito, se houver, não valerá mais. Esse saldo vai para a festa”, revela Cassola.

Segundo o balanço parcial, a quermesse recebeu nos 11 dias uma média de 250 mil pessoas. Os nove dias de alvorada reuniram 50 mil pessoas e, na novena, foram contabilizadas 15 mil pessoas nos nove dias de missa. A Entrada dos Palmitos reuniu 65 mil pessoas, entre quem foi assistir e os participantes do cortejo.

“Todos estavam sedentos de comemorar, depois de anos de muitas perdas e tristezas. Foi possível ver a emoção de cada devoto, seja nas alvoradas, onde a devoção é bem forte; ou nas missas da novena na Catedral de Sant´Anna, momento de muita oração e reflexão; a Entrada dos Palmitos também foi bem prestigiada; assim como a Procissão de Pentecostes, que, apesar da chuva fina que caia durante o percurso, não deixou de ser realizada. As noites de quermesse, e, aos fins de semana, às tardes, também, tiveram grande sucesso de público. Graças a Deus, não tivemos nenhuma intercorrência e tudo ocorreu conforme o planejado, superando, no entanto, todas as nossas expectativas, embora já imaginássemos que os devotos iriam comparecer”, destaca Josmar Cassola.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *