Caso ocorreu na quinta-feira (25), em posto de combustível na Mooca. Segundo as autoridades, autor do crime foi localizado em um hotel no Centro da capital, neste domingo (28). Justiça decretou prisão temporária de 30 dias para o condutor.

A Polícia de São Paulo prendeu, na manhã deste domingo (28), o homem identificado como o motorista de caminhão que atropelou e matou um frentista na Mooca, Zona Leste de São Paulo, na quinta-feira (25).

À tarde, a Justiça decretou a prisão temporária de Magno Inacio Gomes, de 33 anos, por 30 dias.

O condutor foi localizado em um quarto de hotel na Rua Mauá, no Centro da capital, e detido por policiais do 56º Distrito Policial — Vila Alpina. Segundo as autoridades, após ser cercado, ele afirmou que estava armado e resistiu à prisão.

Com apoio das equipes de negociação, os agentes arrombaram a porta do cômodo e detiveram o suspeito, que foi encaminhado para a delegacia.

A vítima é o frentista Odair Loureiro, de 58 anos. Testemunhas afirmam que Odair tentou impedir que o motorista deixasse o posto sem pagar pelo combustível colocado no veículo.

Câmeras de segurança mostram o momento em que o condutor acelera e derruba o frentista, que tenta se segurar na porta do caminhão.

O suspeito de cometer o crime abandonou o caminhão no Brás, na região central, e fugiu. A mãe do motorista disse à polícia que , provavelmente, o filho teve um surto psicótico. O automóvel foi apreendido e levado ao 56º DP, onde a ocorrência foi registrada.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *