Corpo de Bombeiros informou ao g1 que, no momento em que a corporação chegou ao local, a vítima já ‘estava em parada cardiorrespiratória’.

A vítima, de 20 anos, foi identificada como Lucas Reyes Gomes

Um rapaz, de 20 anos, morreu depois de se engasgar com um pedaço de carne, na madrugada deste domingo (21), no Centro, em Dracena (SP).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, que recebeu o chamado por volta da 0h40, o jovem estava com os pais quando se engasgou.

A corporação informou ao g1 que, no momento em que os bombeiros chegaram ao local, a vítima já “estava em parada cardiorrespiratória” e morreu em decorrência da asfixia provocada pelo pedaço de carne.

Assim que chegaram à casa da vítima, os socorristas tentaram usar o desfibrilador para reanimar o rapaz que, em seguida, foi levado para o Pronto Atendimento Municipal, mas acabou não resistindo.

Polícia Civil
O delegado Victor Biroli explicou ao g1, na tarde desta segunda-feira (22), que “não há crime” na situação.

“O rapaz se engasgou, a família tentou ajudá-lo, socorreu, foi uma fatalidade. Estou afirmando de acordo com o que tenho de informações. Se realmente o laudo, do Instituto Médico Legal [IML], constatar que ele morreu asfixiado em razão de engasgamento, é um fato atípico, ou seja, não é um fato criminoso”, disse o delegado.
Biroli acrescentou que “pode até ser instaurado um inquérito policial pró-forma, para apurar as circunstâncias, para fins depois de ser arquivado, para deixar bem claro que foi um acidente”.

“O máximo que pode acontecer é, sim, ser instaurado um inquérito, para apurar as circunstâncias em que houve isso e ficar demonstrado, formalmente, que realmente foi um acidente apenas”, finalizou ao g1.
O sepultamento do jovem ocorreu na manhã desta segunda-feira (22), no Cemitério Municipal de Dracena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *