Eduardo Pachará, de 42 anos, morreu após ter sido agredido por um homem em um posto de gasolina em Mauá no domingo (14). Polícia tenta localizar agressor.

A Polícia Civil de Mauá representou pela prisão temporária do suspeito de matar Eduardo Pachará, de 42 anos, integrante da equipe do músico Péricles. O agressor é procurado pela polícia.

Eduardo morreu após ter sido agredido em um posto de gasolina em Mauá, na Grande São Paulo, na noite do último domingo (14).

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP):

Edu chegou ao posto em um carro e aparentava estar embriagado;
A frente do carro teria encostado em um engradado de cerveja que estava ao lado da loja de conveniência;
Ao desembarcar do veículo, ele foi agredido com três socos no rosto por um homem já identificado pela polícia
Uma funcionária do estabelecimento comercial acionou o Samu, que levou a vítima até um hospital;
Pachará foi socorrido e morreu em seguida;
A causa da morte teria sido traumatismo cranioencefálico;
O 1º Distrito Policial de Mauá instaurou inquérito e representou pela prisão temporária do autor à Justiça. Outras diligências estão em andamento visando ao esclarecimento dos fatos.

A SSP informou também que o caso foi registrado como lesão corporal seguida de morte.

Homenagem de Péricles

Em seu Instagram, Péricles prestou homenagem ao amigo:

“Siga em paz, meu parceiro. Sentiremos a sua falta 🖤 A sua genialidade, seu profissionalismo e o seu bom coração ficaram guardados em minha memória para sempre. Deus te receba de braços abertos 🖤”, escreveu o cantor.
Nos comentários da publicação, fãs também compartilharam mensagens de carinho para Edu e para a família.

Ao g1, a assessoria do cantor disse que não iria se manifestar publicamente sobre o caso.

Assalto ao cantor em fevereiro

Em fevereiro deste ano, Péricles foi vítima de um assalto em Santo André, também na Grande São Paulo. Um vídeo mostra o momento que dois ladrões armados roubam um carro de luxo do cantor. (veja abaixo)

O crime foi cometido na frente da esposa e de uma das filhas pequenas do sambista. Apesar do susto, nem Péricles ou sua família foram agredidos ou se feriram durante o assalto.

O roubo da Land Rover Discovery de cor cinza foi confirmado pela assessoria do artista. Procurado pelo g1, Péricles preferiu não comentar sobre o caso. O veículo é avaliado em aproximadamente R$ 300 mil, segundo policiais.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *