Há três anos, município de São Paulo definiu medidas para o enfrentamento da pandemia de Covid-19.

A cidade de São Paulo não vive mais a situação de emergência por causa da Covid-19. Depois de mais de 3 anos, o prefeito Ricardo Nunes (MDB) revogou o decreto que tinha sido assinado pelo então prefeito bruno Covas, em 16 de março de 2020.

O decreto foi publicado no Diário Oficial nesta segunda-feira (15). A situação de emergência foi decretada no começo da pandemia para que a prefeitura pudesse adotar medidas para o combate ao coronavírus.

“Revoga o Decreto nº 59.283, de 16 de março de 2020, que declarou situação de emergência no Município de São Paulo e definiu outras medidas para o enfrentamento da pandemia decorrente do coronavírus”, diz o texto.

Entre elas, a contratação de serviços sem licitação ou em caráter emergencial para a saúde pública.

No começo deste mês, a Organização Mundial da Saúde (OMS) tinha decretado o fim da situação de emergência global por causa da Covid-19.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *