Casal chegou a ser socorrido, mas nenhum dos dois resistiram

O caso foi dado como feminicídio seguido de suicídio pela Policia Civil. José Antonio Amado Junior (37), atirou contra a própria cabeça depois de matar a noiva Izadora Amorim Novaes (26), na manhã deste domingo (08), no interior de São Paulo. Apesar de terem sido socorridos, os dois morreram.

O assassinato ocorreu no condomínio do casal, na zona sul da cidade. Os vizinhos, ao escutarem os disparos, chamaram a polícia quando já era tarde demais. A Polícia Civil arrombou a porta principal e os encontraram feridos no quarto com ferimentos de balas.

A arma do crime estava próxima ao corpo do homem. Foi na Santa Casa que o óbito de Junior foi apontado. Já na Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas, foi onde o óbito de Izadora foi registrado.

Vizinhos disseram à polícia que barulhos de discussões e vidros quebrando foram ouvidos antes dos tiros, e que também o casal tinha histórico de brigas constantes.

A Polícia Civil encaminhou a arma para a perícia, entretanto, continuarão a investigar o motivo das mortes. O casal foi sepultado em cemitérios diferentes na manhã dessa segunda-feira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here