Na última sexta, moeda fechou em alta de 0,66%, a R$ 4,087.

O dólar opera em alta nesta segunda-feira (16), repercutindo o mau humor dos mercados após os ataques de sábado a instalações da petroleira Aramco na Arábia Saudita, que fazem disparar os preços internacionais do petróleo.

Às 11h37, a moeda norte-americana era vendida a R$ 4,0838, em alta de 0,08%. Na máxima da sessão até o momento, chegou a ser cotada a R$ 4,106.

Os operadores do mercado aguardam, para esta semana, a decisão do Banco Central dos Estados Unidos sobre a taxa de juros do país. O presidente Donald Trump vem pressionando as autoridades monetárias para reduzir a taxa, atualmente entre 2,5% e 2,25%. Analistas do mercado avaliam que a alta do petróleo pode favorecer uma alta da inflação e impedir uma nova queda dessa taxa de juros.

Na última sexta, o dólar fechou em alta de 0,66%, a R$ 4,087, ainda na esteira de expectativas positivas quanto às negociações comerciais entre Estados Unidos e China.

No sábado, ataques provocaram incêndios na unidade saudita da Aramco em Abqaiq, a maior do mundo dedicada ao processamento de petróleo, e na instalação de Khurais, provocando a redução da produção da petroleira em cerca de 5,7 milhões de barris por dia, o que representa mais de 5% do suprimento global de petróleo.

As autoridades sauditas anunciaram que os ataques não provocaram vítimas, mas ainda não informaram quanto tempo será necessário para restabelecer plenamente a produção nas instalações. Analistas acreditam que seriam necessárias várias semanas ou meses para o país voltar à normalidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here