Na época, um movimento que ficou bastante conhecido foi o VemPraRua e se caracterizava por ser um movimento suprapartidário, democrático e plural que surgiu da organização espontânea da sociedade civil naquele ano. 

As movimentações do VemPraRua tiveram muito destaque pelo fato de terem atraído um vasto número de pessoas, cerca de 6 milhões, que se organizaram e foram às ruas de forma pacífica, tendo como motivação o lema de não há democracia e justiça com corrupção, incompetência, autoritarismo e impunidade.

O movimento VemPraRua foi fundado por amigos que assim como muitos brasileiros não suportavam mais ver roubalheiras, descaso e tantos outros malefícios que atrapalham o crescimento do Brasil, e partilhando da vontade de vivenciar a regeneração do país, se mobilizaram em prol da mudança. 

Rogério Chequer e Colin Butterfield desde o início assumiram e se identificavam como fundadores do VemPraRua, porém recentemente descobrimos que o movimento tem mais um fundador, Felipe Bernardi Capistrano Diniz, que teve papel importante no evento, mas que por motivos pessoais preferiu à época trabalhar nos bastidores. 

Felipe Bernardi Capistrano Diniz (Camiseta branca)

Nossa redação, após descobrir a ligação deste terceiro fundador conseguiu uma entrevista exclusiva com Felipe Bernardi Capistrano Diniz, próximo às eleições de 2018:

Ao ser questionado como surgiu a ideia do movimento VemPraRua, ele nos respondeu: “É com muito orgulho que participei da criação do VemPraRua ao lado de Rogério Chequer e Colin Butterfield. Lembro-me de como tudo se iniciou. Longas conversas ao telefone onde dividimos a mesma indignação com o desgoverno do PT. Rogério Chequer e Colin Butterfield em São Paulo e eu em Brasília. O trio resolveu tentar. Montamos uma página no facebook e o resto é história”

Inclusive neste momento da entrevista, Felipe Bernardi Capistrano Diniz aproveitou para nos mostrar conversas da época entre os fundadores, onde discutiam detalhes da organização, e colocamos nesta matéria, a seguir: 

Quando perguntado à Felipe Bernardi Capistrano Diniz, acerca da organização das pessoas durante o movimento e o evento em si, ele nos responde: “Poucos se lembram do verdadeiro início. Nossas conversas datam de final de 2013 e se arrastaram até outubro de 2014, culminando em 3 passeatas no citado mês. A primeira consegui levar pouco mais de 100 pessoas. Eu aluguei o carro de som e o telão (transmiti o debate presidencial da Esplanada dos Ministérios), eu pedi autorização à Secretaria de Segurança Pública, eu comuniquei à Polícia Legislativa (uma vez que foi em frente ao Congresso), eu imprimi os banners/cartazes e etc”. 

E ainda complementa: “Na segunda passeata foram de 3 a 5 mil pessoas e na terceira mais de 10 mil. Para aquele momento, julgamos um verdadeiro sucesso. Concomitantemente fizemos em SP e BH, a cargo de Rogério e Colin. Paramos nossas atividades empresariais no início do Movimento pois havia verdadeiramente muito trabalho para poucos apoiadores.”

Felipe Bernardi Capistrano Diniz

Agora, muita gente irá se perguntar o porquê de Felipe Bernardi Capistrano Diniz ter trabalhado no movimento apenas nos bastidores e demorado bastante tempo para revelar sua efetiva participação no VemPraRua e a resposta foi a seguinte: “À época optei em não permanecer à frente do movimento. Meu pai havia sido deputado e para não pairar dúvidas de que éramos apartidários e não prejudicar o objetivo do movimento, me afastei. Falta pouco para concluirmos o que plantamos no nascedouro do VemPraRua.”

O fato é que graças ao movimento VemPraRua muitas pessoas acordaram para a realidade que o país estava vivendo e passaram a dar mais atenção à política e começaram a enxergar que com um Governo corrupto no Poder há um total retrocesso da sociedade e isso faz mal a todos. 

Durante a organização do evento, Felipe Bernardi Capistrano Diniz e os demais fundadores tiveram a ideia de criar materiais para a melhor divulgação do movimento, e inclusive, fizeram uma camiseta com a frase: “NÃO – PT Nunca Mais” enfatizando de maneira clara a aversão à esquerda e suas condutas sob o comando do Brasil. 

  Concomitantemente à produção dos materiais do VemPraRua, os fundadores do movimento convidaram vários amigos que partilhavam das mesmas opiniões para também aderirem ao VemPraRua, e tiveram apoio de muitas pessoas importantes e influentes na mídia, como é o caso do economista e colunista Rodrigo Constantino.

Inclusive, após a produção das camisetas, o fundador, Felipe Bernardi Capistrano Diniz enviou uma camiseta para Rodrigo Constantino e ambos vestiram a camiseta e gravaram à época um vídeo, onde aproveitaram para expressar suas indignações com o governo petista e reforçaram o convite às pessoas para participarem do VemPraRua. 

O resultado do vídeo foi um verdadeiro sucesso, e certamente foi responsável por mais pessoas terem se mobilizado. Segue o vídeo, onde mostra  Felipe Bernardi Capistrano Diniz e Rodrigo Constantino vestindo a camiseta “NÃO – PT Nunca Mais”:  

 

 


Vídeo perfil facebook pessoal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here